Popular vs Sensacionalismo

EXTRA lidera vendas com jornalismo popular

No início de 2000, os jornais impressos populares alavancaram as tiragens de todos os periódicos do país. No Rio de Janeiro, Extra e Meia Hora lideraram as vendas nas bancas. No entanto, os jornais que antes chegaram a dividir a liderança, sofreram uma mudança no início de 2009.

O tipo de jornalismo feito por cada jornal acabou por determinar aquele que venderia mais ou menos. Com isso, uma queda acabou sendo constatada dentro do jornalismo chamado “sensacionalista”, enquanto o “popular” manteve a liderança.

O artigo ou Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de Jornalismo, tratam do estudo de caso destes jornais e verificará a mudança, ou não, em suas editorias e o modo de escolha do que é ou não é publicado, além da prioridade na opção por algumas editorias.

Para ler o artigo, clique em Artigo Intercom – REVISADO FINAL

Para ler o TCC, entre em contato com alexandre.madruga@globo.com

Licença Creative Commons
A obra O CRESCIMENTO DO JORNALISMO POPULAR E A RETRAÇÃO DO SENSACIONALISMO NO RIO DE JANEIRO: UM ESTUDO DE CASO DOS JORNAIS EXTRA E MEIA HORA de ALEXANDRE MADRUGA foi licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Uso Não-Comercial – Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: