Espaço Poético com Jorge Seabra

AMOR

Palavra doce, às vezes amarga, palavra amarga às vezes doce.

Palavra que desespera, palavra que conforta, palavra que mata, palavra que da vida.

Palavra que machuca, palavra que sara, palavra amiga, companheira, pacificadora e forte.

O amor é vida e a vida sem amor é uma vida vazia, oca, é uma vida sem propósito é uma vida triste é uma vida morta.

O amor é real, e o amor real eu, você, nós, só, mas só mesmo, vamos encontrar no nosso melhor amigo, um amigo que é capaz de em qualquer ocasião e situação, nos entender e nos amar.

Amigo capaz de morrer por amor a nós.

Nesse mundo tudo passa, mas o verdadeiro amor, nunca, jamais acabará.

Sentir amor também dizer não, sentir amor é corrigir com amor, sentir amor é amar.

Amar é conseguir ver beleza na feiúra e ver feiúra na beleza.

Mais importante que falar de amor, é falar com amor.

Só o amigo verdadeiro tem o amor verdadeiro, e quem tem esse amigo verdadeiro pode sentir e viver todo esse amor descrito nessas linhas e entender o mistério do amor nas entre linhas.O amigo verdadeiro é simplesmente e honradamente….JESUS CRISTO!! (Em 22/11/1991 por Jorge Seabra)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: